Sistemas e Equipamentos Homologados




1. Requisitos do sistema:
Instalação do Asterisk 1.8.X ou superior;
Chave URL da Telein para consultar;
S.O. Linux* (modo texto ou gráfico) com permissão de Super usuário.
*obs: Foi utilizado durante o tutorial o sistema Debian 8.2 (jessie), porém pode ser aplicado em outros distribuições/versões Linux, ex: Ubuntu server, Debian, Centos e etc…
2. Criando contexto para encaminhar ligações:
Nesse contexto, as ligações serão encaminhadas para o arquivo port.phpe iremos adicionar o contexto cliente no final do arquivo extensions.conf localizado no diretório /etc/asterisk.
Comandos via terminal:
cd/etc/asterisk :: acessando o diretório asterisk
nano extensions.conf :: Utilizar o editor de sua preferência (vi, vim, gedit etc...)
[cliente]
exten => _X.,1,NoOp(###################################)
exten => _X.,n,NoOp(############# Telein ################)
exten => _X.,n,NoOp(###################################)
exten => _X.,n,AGI(phpagi/port.php)
obs: Lembrar de alterar o contexto dos ramais que irão usar o consulta operadora.

obs²: Salvar e sair do arquivo extensions.conf
3. Configurando o consulta.php e port.php
Entrar no diretório /var/lib/asterisk/agi-bin, criar uma pasta com o nome phpagi e dentro da pasta descompactar o arquivo phpagi-2.20.zip. Baixe clicando no link abaixo: http://www.telein.com.br/download/phpagi-2.20.zip
obs: Caso não exista a pasta agi-bin é necessário verificar a instalação do asterisk ou criar o diretório citado.
Comandos via terminal utilizados: cd /var/lib/asterisk/agi-bin :: acessando o diretório onde será criado a pasta phpagi;
mkdir phpagi :: criando a pasta phpagi dentro do diretório atual;
ls :: listar arquivos e pastas do conteúdo atual;
cd phpagi :: acessando a pasta criada;
wget http://telein.com.br/download/phpagi-2.20.tar :: baixando os arquivos do phpagi;
tar -xvf phpagi-2.20.tar :: descompactando o arquivo phpagi.
Passo-a-passo Imagem 1

Imagem 2

Imagem 3

Imagem 4

4. Criando o arquivo consulta.php

Ainda no diretório “/var/lib/asterisk/agi-bin/phpagi”, crie o arquivo consulta.php e coloque o código abaixo, substituindo o termo DDD pelo código de área da sua região sem o zero e o termo senha por sua senha URL ( com aspas simples) recebida do sistema após o cadastro no site da Telein. No endereço URL pode utilizar qualquer um dos três servidores disponíveis: consultoperadora1.telein.com.br, consultoperadora2.telein.com.br ou também o consultoperadora3.telein.com.br, todo o endereço deve estar entre aspas duplas.

$ddd= DDD
; $numero = $argv[1];
$chave= 'senha';
if(strlen($numero) < 10 ){
$numero = $ddd.$numero;
}
$url =
"http://consultaoperadora2.telein.com.br/sistema/consulta_operadora.php?numero=$numero&chave=$chave";
$texto_resposta = file_get_contents($url);
echo $texto_resposta;

obs: Caso o padrão de resposta da consulta seja no formato reduzido, o link do campo $url será modificado de consulta_operadora para consulta_numero: Ex:
$url =
"http:// consultaoperadora2.telein.com.br/sistema/ consulta_numero.php?numero=$numero&chave=$chave";
O padrão de resposta para o “consulta_numero” virá no formato: 98#8134542323
Para o padrão de resposta do consulta_operadora” virá no formato: 552046#8134542323
Para mais detalhes, consultar os links:
Resposta resumida:

Link:

http://www.telein.com.br/portal/produtos/consulta-operadora/padrao-de-resposta-resumida/
Resposta detalhada:

Link:

http://www.telein.com.br/portal/produtos/consulta-operadora/padrao-de-resposta-resumida/

Comandos via terminal utilizados: touch consulta.php ::Cria o arquivo consulta.php
chmod 777 consulta.phpComando para permitir que o script de consulta seja executado;
nano consulta.php::editor do Linux para copiar o conteúdo;

obs: Salvar e sair do consulta.php
obs²: Lembrando de alterar o campo DDD sem o “0” para o da sua região bem como a chave.
Ex:
$ddd= 81
$chave= ‘chave de consulta URL’ :: será a senha recebida para consulta a que contêm letras e números.

5. Criando o Port.php
No mesmo diretório que foi criado o consulta.php, crie o port.php copiando o código abaixo:
#!/usr/bin/php
require_once ("/var/lib/asterisk/agi-bin/phpagi/phpagi.php");
$agi = new AGI();
$agi->verbose("CALLER ID: " . $agi->request[agi_callerid]);
$callerid = $agi->request["agi_callerid"];
$agi->verbose("EXTENSION: " . $agi->request[agi_extension]);
$extension = $agi->request[agi_extension];
$consulta = exec("php /var/lib/asterisk/agi-bin/phpagi/consulta.php $extension");
$operadora = explode("#", $consulta);
$agi->verbose("Numero Consultado: " . $consulta);
$agi->exec('Dial', "Local/$operadora[0]$operadora[1]@from-internal");
$agi->hangup();
exit();
?>
Comandos via terminal utilizados
touch port.php ::Cria o arquivo consulta.php;
chmod 777 port.php::Comando para permitir que o script de consulta seja executado;
nano port.php:: editor do Linux para copiar o conteúdo;

obs: Salvar e sair do port.php
6. Criando contexto para receber a consulta

No arquivo extension.conf localizado no diretório /etc/asterisk, crie o contexto abaixo para receber a consulta do nosso servidor

[from-internal] exten => _553102X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553102X.,n,NoOp(############# TIM ##############)
exten => _553102X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553102X.,n, dial(sip/TIM/41${EXTEN:6})

exten => _553070X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553070X.,n,NoOp(############# OI ###############)
exten => _553070X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553070X.,n, dial(sip/OI/31${EXTEN:6})

exten => _553016X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553016X.,n,NoOp(############ CLARO ############)
exten => _553016X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553016X.,n, dial(sip/CLARO/21${EXTEN:6})

exten => _553097X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553097X.,n,NoOp(############# VIVO #############)
exten => _553097X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553097X.,n, dial(sip/VIVO/15${EXTEN:6})

obs: Verifique o código (em destaque)da operadora da sua região

7. Testando a Consulta

Para testar sua consulta, crie um ramal, registre e faça uma ligação verificando no Asterisk se os passos foram registrados. Caso tenha dúvida nos comandos, segue link para ajuda:

http://wdcnet.com.br/marketing/faq/como_configurar_um_ramal_sip_e_iax_em_um_servidor_asterisk.pdf
Se o procedimento foi concluído com sucesso você terá resposta conforme imagem abaixo:
Onde: a linha com Número consultado será a resposta
Testando uma consulta por fora do Asterisk
1. Acesse o diretório onde o consulta.php se encontra;
2. Localizado em /var/lib/asterisk/agi-bin/phpagi
3. Dentro do diretório acima digitar o comando abaixo seguido de espaço + DDD sem o zero e o número a ser consultado:
4. Você receberá a resposta no começo da linha com o padrão de resposta:

Resposta 552046#813454232 Que corresponde a operadora GVT conforme a tabela com o padrão de resposta detalhada no site da Telein:
http://www.telein.com.br/portal/produtos/consulta-operadora/padrao-de-resposta-detalhada/

Tutorial Asterisk usando AGI


1. Requisito do sistema:
Instalação do Elastix 2.X.X*;
Chave URL da Telein para consultar; *obs: Foi utilizado durante o tutorial a versão 2.5.0 64Bits do Elastix.
Habilitar o Freepbx

Para se criar um contexto personalizado é necessário que os módulos Mic Aplication e Custom Destinations estejam instalados.

Passo-a-passo
2.1 Seguindo a imagem localize a aba Security(2)

2.2 Em seguida clique em Advanced Settings
2.3 (1) Ativar o FreePBX, (2) Inserir a senha de acesso ao Elastix nos campos solicitados (3) Clicar em Save.
Criando um "Custom Destinations":

O “Custom Destinations” permite que você personalize seu destino e direcionar Dial Plans personalizados e também disponibilizar para outros módulos.

3.1 Clique em PBX (1), em seguida clicar ao final da barra de menus (Option) em Unembedded FreePBX (2).

3.2 Dependendo da versão instalada do Elastix, será solicitado o login e senha, caso contrário entrará sem a solicitação de autenticação no FreePBX. Os dados de acesso serão o mesmo login e senha de acesso para acessar o elastix

3.3 Com o acesso a tela do FreePBX*, clicar na aba “Admin” (1) e em seguida “Custom Destinations” (2).

*obs: Dependendo da versão do Elastix, o FreePBX pode sofrer alterações no seu layout e em alguns itens de localização na configuração.

1. Na tela do “Custom Destinations” (1), adicione custom-port,s,1 :que significa o contexto terá o nome custom-port na extensão ‘s’ na prioridade 1;
2. No item “Description” (2) adicionar Telein-Portabilidade :: é a descrição/nome do destination;
3. Em seguida clique em “Submit” (3) e aplique as configurações clicando na opção “Apply Config” (4).
4. Criando um Misc Aplications
4.1 Clique na aba “Applications” (1), em seguida em “Misc Aplications”.
1. No campo “Description” (1) coloque Telein-Portabilidade :: Será a descrição da aplicação;
2. No campo “Feature Code” (2) adicione X. :: é a quantidade de dígitos que será permitido;
3. No item “Destination” escolha Custom Destinations e ao lado Telein-Portabilidade (3).

5. Editando o Extensions_custom.conf
Volte para a tela do Elastix e siga o passo-a-passo abaixo:
Passo-a-passo 5.1 Cliquem em "PBX(1) e em seguida "Tools"(2).

5.2 Clique em “Asterisk File Editor” (1), “Show Filter” (2), no campo de busca (File) digitar no campo em branco extensions_custom.conf e em seguida clicar em “Filter” (3).

5.3 Clique em " “extensions_custom.conf"

5.4 Adicionar o texto abaixo no final arquivo e em seguida clicar em “Save”.
[custom-port]
exten => _X.,1,NoOp(#######################################)
exten => _X.,n,NoOp(############### Telein ##################)
exten => _X.,n,NoOp(#######################################)
exten => _X.,n,AGI(port.php)

6.Criar o arquivo para consulta
Acesse a máquina através de um terminal e entre no diretório /var/lib/asterisk/agi-bin/ crie o arquivo port.php com o conteúdo abaixo:
#!/usr/bin/php
require_once ("/var/lib/asterisk/agi-bin/phpagi.php");
$agi = new AGI();
$agi->verbose("CALLER ID: " . $agi->request[agi_callerid]);
$callerid = $agi->request["agi_callerid"];
$agi->verbose("EXTENSION: " . $agi->request[agi_extension]);
$extension = $agi->request[agi_extension];
$consulta = exec("php /var/lib/asterisk/agi-bin/consulta.php $extension");
$operadora = explode("#", $consulta);
$agi->verbose("Numero Consultado: " . $consulta);
$agi->exec('Dial', "Local/$operadora[0]$operadora[1]@from-internal");
$agi->hangup();
exit();
Comandos via terminal utilizados:
touch port.php :: Cria o arquivo consulta.php;
chmod 777 port.php :: Comando para permitir que o script de consulta seja executado;
nano port.php :: editor do Linux para copiar o conteúdo;

obs: Salvar e sair do port.php
7. Criando o arquivo consulta.php

Ainda no diretório “/var/lib/asterisk/agi-bin/”, crie o arquivo consulta.php e coloque o código abaixo, substituindo o termo DDD pelo código de área da sua região sem o zero e o termo senha por sua senha URL (com aspas simples) recebida do sistema após o cadastro no site da Telein. No endereço URL pode utilizar qualquer um dos três servidores disponíveis: consultoperadora1.telein.com.br, consultoperadora2.telein.com.br ou também o consultoperadora3.telein.com.br, todo o endereço deve estar entre aspas duplas.

$ddd= DDD;
$numero = $argv[1];
$chave= 'senha';
if(strlen($numero) < 10 ){
$numero = $ddd.$numero;
}
$url = "http://consultaoperadora2.telein.com.br/sistema/consulta_operadora.php?
numero=$numero&chave=$chave";
$texto_resposta = file_get_contents($url);
echo $texto_resposta;
obs: Caso o padrão de resposta da consulta seja no formato reduzido, o link do campo $url será modificado de consulta_operadora para consulta_numero:
Ex:
$url = "http://consultaoperadora2.telein.com.br/sistema/consulta_numero.php?numero=$numero&chave=$chave";
O padrão de resposta para o “consulta_numero” virá no formato: 98#8134542323
Para o padrão de resposta do consulta_operadora” virá no formato: 552046#8134542323
Para mais detalhes, consultar os links:
Resposta resumida
: Link:
http://www.telein.com.br/portal/produtos/consulta-operadora/padrao-de-resposta-resumida/

Resposta detalhada:
Link:
http://www.telein.com.br/portal/produtos/consulta-operadora/padrao-de-resposta-detalhada/
Comandos via terminal utilizados:
touch consulta.php :: Cria o arquivo consulta.php;
chmod 777 consulta.php :: Comando para permitir que o script de consulta seja executado;
nano consulta.php :: editor do Linux para copiar o conteúdo;
obs: Salvar e sair do consulta.php
obs²: Lembrando de alterar o campo DDD sem o “0” para o da sua região bem como a chave.
Ex:
$ddd= 81
$chave= ‘chave de consulta URL’ :: será a senha recebida para consulta a que contêm letras e números.

Testando a consulta
7.1 Adicionando o tronco
Vamos criar um tronco da portabilidade para testar as ligações seguindo o passo-a-passo adiante.
Passo-a-passo
1. Clique em “PBX” (1), em seguida clique em “Trunks
(2) e por fim clique em “Add Custom Trunk

2. Na página de edição do tronco coloque: Trunk Name: Portabilidade - que será o nome dado ao Tronco;
Custom Dial String: Local/$OUTNUM$@custom-port em seguida clique em “Submit Changes”

Irá aparecer essa tela, apenas confirme clicando em “Ok”

Confirmar a configuração clicando em Apply Config

8. Criando a rota portabilidade
8.1 Clique em “ PBX” (1), “ Outbound Routes” (2) e em seguida “ Add_Route” (3).

8.2 Na página de edição da rota, coloque: Route Name: portabilidade :: nome dado à rota da portabilidade
:: configuração dos dígitos recebidos para efetuar a consulta.
Para adicionar mais campos clique em
Ex: de Configuração do Dial Pattern.
Prepend + prefix XXXXXXXX + callerId
Prepend + prefix XXXXXXXXX + callerId
Prepend + prefix XXXXXXXXXX + callerId
Prepend + prefix XXXXXXXXXXX + callerId

obs: a configuração acima será de acordo com a rota de saída da central definida pelo usuário, essa rota foi criada apenas para teste de consulta. A quantidade de X referencia a quantidade de dígitos recebidos, observe se sua região já possui o nono digito. No campo “ Prepend” significa o números que serão adicionados antes da discagem, já o termo “prefix”, está relacionado ao campo que será removido antes da discagem. Como a telein recebe o padrão de resposta correspondente a determinada operadora, o termo “prefix” será utilizado com o padrão de resposta para associar o padrão de resposta recebida para a rota correspondente, retirando o código de resposta.

Ex: Criarei uma rota simples para ligações locais incluindo o DDD local para celular sem o nono dígito e com o nono dígito para a operadora Tim, cujo o padrão de resposta detalhada da Telein é 553102.
081 + 553102 + XXXXXXXX
081 + 553102 + XXXXXXXXX
Sendo assim a minha rota irá tratar esse resposta mandando apenas o código DDD local + o número que foi discado.
Exemplo de criação da rota portabilidade:

obs: Após qualquer modificação deve ser aplicado as alterações realizadas conforme imagem abaixo:

8.3 Criar ramal para teste
Na aba “PBX” clique em “Extensions” e em “add Extensions
Preencha as informações básicas para criar o ramal:
User Extension :: numero do ramal;
Display Name :: nome do responsável (opcional);
Secret :: senha do ramal tem que conter no mínimo 6 caracteres com duas letras e dois números;
Em seguida clique em Submit, e aplique as alterações.
Passo 1
Passo 2
Passo 3
Testando a Consulta

Se o procedimento foi concluído com sucesso você terá resposta na CLI do Elastix conforme imagem abaixo:


Onde: a linha com Número consultado será a resposta.
Tutorial AGI com Elastix (.PDF)


A Telein disponibiliza o tutorial que orienta como realizar integração URL usando Asterisk com TRIXBOX.
Caso encontre alguma dificuldade em realizar as configurações mande email com seu login de acesso para suporte@telein.com.br, e descreva qual sua dificuldade. Teremos prazer em atendê-lo.

Baixe e veja como é fácil utilizar!
Tutorial AGI com Tribox (.PDF)


A Telein disponibiliza o tutorial que orienta como realizar integração URL usando Asterisk com SNEP.
Caso encontre alguma dificuldade em realizar as configurações mande email com seu login de acesso para suporte@telein.com.br, e descreva qual sua dificuldade. Teremos prazer em atendê-lo.

Baixe e veja como é fácil utilizar!
Tutorial AGI com SNEP (.PDF)


Para ativar o Consulta Operadora nas Centrais Digistar é muito simples.

1º Passo:
Deve ser configurado o servidor para consulta e a conta de acesso (PABX > Básicas > Portabilidade).

2º Passo:
Inserir URL do(s) nosso(s) servidor(es) de consulta, sendo elas:
http://consultanumero1.telein.com.br
http://consultanumero2.telein.com.br
http://consultanumero3.telein.com.br

3º Passo:
Inserir a Senha (Chave) do Consulta Operadora da Telein.
Como conseguir a Senha (Chave) do Consulta Operadora da Telein:
Você deve fazer o cadastro em nosso site, assim receberá as demais informações, assim como senha (chave) no e-mail cadastrado.

Link para cadastro: http://cadastro.telein.com.br

Tutorial de configuração: http://blog.digistar.com.br/2014/02/06/portabilidade-consulte-e-economize/

Contrate Digistar: http://www.digistar.com.br





Teste agora gratuitamente no seu IPBX (SIEMENS, AVAYA, ASTERISK, ELASTIX,TRIXBOX) o Consulta Operadora da Telein utilizando a integração SIP Redirect e comece a descobrir automaticamente a operadora de destino, e encaminhe sempre para o tronco de menor custo (rota de menor custo) baseado na operadora de destino com consulta a base da portabilidade numérica.

O retorno do SIP Redirect, sempre vai iniciar com 551, 552, 553 ou 554, onde:

  • 551: números de operadoras com licença SME(ex: radio Nextel, etc);
  • 552: números de operadoras com licença STFC ( ex: Embratel, Oi fixo, Tim fixo, etc);
  • 553: números de operadoras com licença SMP (ex: Vivo móvel, Claro móvel, etc).
  • 554: números de oeradoras com licença SMGS (Serviço Móvel Global por Satélite).

Portanto, você facilmente poderá criar suas rotas para cada operadora via interface do seu PABX IP (SIEMENS, AVAYA, etc), Elastix/Trixbox e direcionar para os troncos de menor custo para completar ligações de cada operadora.
Para visualizar a relação completa dos possíveis códigos e suas respectivas operadoras e tipo de licença, Clique aqui.

INFORMAÇÕES:

1: Caso seu servidor Asterisk estiver em rede local atrás de NAT será necessário redirecionar a porta 5060 UDP para o IP local do asterisk ou PABX.
2: A Telein não salva a resposta das consultas, apenas contabilizamos a quantidade de consulta de cada chave.
3: A chave "28092011" é disponibilizada gratuitamente para realizar consultas via SIP para testes com a limitação de 6 consultas por hora sem necessidade de cadastro, caso deseje fazer cadastro e obter uma chave para uso contínuo, clique aqui.
O formato para envio da consulta:
deve ser - "Chave + 0 + DDD + Numero".

Os servidores da Telein disponiveis para receber a consulta SIP são:
  • sip1.telein.com.br
  • sip2.telein.com.br
  • sip3.telein.com.br

Segue exemplo de consulta a operadora para o número (81) 3454.2323:
2809201108134542323@sip2.telein.com.br.

4: Todo tráfego de mídia não irá passar pelo servidor servidor da Telein, o serviço da Telein ficará responsável apenas pela identificação da operadora de destino, não interferindo na qualidade do áudio das ligações.
5: Tempo de resposta da operadora será de até 500 ms, normalmente esse tempo é inferior a 100 ms


Este tutorial tem a finalidade de configurar seu servidor asterisk para realizar consultas em nossos servidores, através do protocolo SIP.

1) Acesse o diretório onde o asterisk está instalado.
cd /etc/asterisk

2) Dentro do diretório listar os arquivos de configuração do asterisk com comando: "ls"

3) Criar o tronco Sip para se comunicar com nosso servidor através da edição do arquivo: sip.conf
Utilizar o editor de texto no linux de sua preferência (nano, vi, gedit, view e etc...). # nano /etc/asterisk/sip.conf

4) Configure o Tronco SIP com as informações abaixo no final do arquivo sip.conf:
[sipredirect]
type=friend
context=from-internal
fromdomain=sip2.telein.com.br
host=sip2.telein.com.br
nat=yes
port=5060

A Telein disponibiliza três servidores para realizar consulta via sip:
  • sip1.telein.com.br;
  • sip2.telein.com.br;
  • sip3.telein.com.br.
Caso queira alternar os servidores basta mudar o fromdomain e o host do tronco acima.

5) Ainda no arquivo sip.conf, crie mais um tronco Sip, para comunicar com seu Gateway GSM

[Operadora]
type=friend
context=from-trunk
host=dynamic
secret=Operadora
callerid=Operadora
canreinvite=no
dtmfmode=rfc2833
nat=no
qualify=yes
disallow=all
allow=ulaw,alaw,gsm
username=Operadora
fromuser=Operadora
call-limit=1
deny=0.0.0.0/0.0.0.0
permit=0.0.0.0/0.0.0.0


OBSERVAÇÃO:
Dependendo do Gateway GSM, deverá ser criado um tronco para cada operadora. Acima foi feito apenas para uma operadora. Caso seja necessário crie os outros troncos para outras operadoras seguindo o modelo acima ou crie de acordo com seu equipamento.

6) Ainda no arquivo sip.conf, crie um Ramal para se comunicar com o contexto cliente(criado adiante).

[1414]
type=friend
context=cliente
host=dynamic
secret=1000
callerid=100
canreinvite=no
dtmfmode=rfc2833
nat=no
qualify=yes
disallow=all
allow=ulaw,alaw,gsm
username=1000
fromuser=1000
call-limit=1
deny=0.0.0.0/0.0.0.0
permit=0.0.0.0/0.0.0.0

OBSERVAÇÃO:
o número 1000 é somente um exemplo, podendo ser o qualquer número a sua escolha.

Ao final do arquivo sip.conf ficará desta forma após as configurações:
7) Crie o contexto “cliente” para redirecionar o número digitado para o nosso servidor no arquivo extensions.conf localizado na pasta do asterisk.

# nano /etc/asterisk/extensions.conf
Adicionar no final do arquivo extensions.conf.
Use o texto abaixo: [Cliente] exten => _X.,1,NoOp(#######################################)
exten => _X.,n,NoOp(########### Telein via Sip ################)
exten => _X.,n,NoOp(#######################################)
exten => _X.,n, dial(sip/sipredirect/sua chave sip${EXTEN})
OBSERVAÇÃO:
No campo sua chave sip* caso ainda não seja nosso cliente, a telein disponibiliza a chave 28092011 gratuitamente com a limitação de 6 consultas por hora, caso deseje fazer cadastro e obter uma chave para uso contínuo, acesse: http://cadastro.telein.com.br/

8) Ainda no extensions.conf crie o contexto para receber a consulta de nosso servidor

[from-internal]

exten => _553102X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553102X.,n,NoOp(############# TIM #############)
exten => _553102X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553102X.,n, dial(sip/TIM/41${EXTEN:6})
exten => _553070X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553070X.,n,NoOp(############# OI ###############)
exten => _553070X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553070X.,n, dial(sip/OI/31${EXTEN:6})

exten => _553016X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553016X.,n,NoOp(############ CLARO ############)
exten => _553016X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553016X.,n, dial(sip/CLARO/21${EXTEN:6})

exten => _553097X.,1,NoOp(###############################)
exten => _553097X.,n,NoOp(############# VIVO ############)
exten => _553097X.,n,NoOp(###############################)
exten => _553097X.,n, dial(sip/VIVO/15${EXTEN:6})
Ao final o arquivo extensions.conf ficará dessa forma:
Salvar e sair do arquivo extensions.conf
Entrar no console (CLI) do asterisk e dar o comando “reload” para aplicar todas as configurações realizadas nesta integração e seguir os procedimentos abaixo:
1. Checar se a conta sip redirect está autenticada com o comando "sip show peers"

2. Autenticar o ramal 1000 em um softphone ou ATA com conta SIP de sua escolha e realizar um teste de ligação, onde será obtido um retorno da telein com a consulta da seguinte forma:
O número consultado foi o 81997588583, que corresponde a operadora TIM.

O código da consulta que a telein entrega para a operadora TIM é 553102. A consulta com integração via sip redirect com a telein é da resposta detalhada, que pode ser obtido através do link:

http://www.telein.com.br/portal/produtos/consulta-operadora/padrao-de-resposta-detalhada/

OBS: Como não há tronco/canal disponível para a operadora TIM neste teste realizado o resultado será apenas da consulta do número conforme imagem dando no final da CLI o status ‘CONGESTION’.

Tutorial SIP usando Asterisk


1. Requisitos do sistema
Instalação do Elastix 2.X.X* ;
Chave/Senha SIP Redirect da Telein para consultar;
*obs: Foi utilizado durante o tutorial a versão 2.5.0 64Bits do Elastix.
2. Acesse o Elastix

3. Criar um tronco SIP
No Elastix crie um tronco SIP para realizar o consulta operadora usando o SipRedirect.
passo-apasso
Clique em PBX (1); em Basic clicar em Trunks (2) e em seguida clicar em Add SIP Trunk (3)

Na imagem abaixo siga as instruções para configurar o tronco sip:
1. Defina um nome para o tronco em Trunk Name;
2. inserir a chave/senha SIP Redirect* no campo Outbound Dial Prefix;
3. Em trunk Name, defina o nome do tronco de saída;
4. Copie e cole as configurações abaixo do tronco sip em PEER Details;

type=friend

context=from-internal

fromdomain=sip2.telein.com.br

canreinvite=no

dtmfmode=rfc2833

host=sip2.telein.com.br

qualify=no

nat=no

disallow=all

allow=ulaw,alaw,gsm

port=5060

call-limit=50


obs1:
A chave 28092011 pode ser utilizada para testes pois ela é gratuita, porém, só é possível realizar 20 consultas por hora. Caso deseje uma chave para consultas contínuas, acesse o nosso site http://cadastro.telein.com.br/ e faça o seu cadastro. Em caso de dúvida envie um email para: comercial@telein.com.br ou suporte@telein.com.br.
Obs 2:
A linha do call-limit significa a quantidade de consultas simultâneas.

Obs 3:
Existem 3 servidores para realizar consultas: sip1.telein.com.br, sip2.telein.com.br ou sip3.telein.com.br. Para mudar de servidor de consulta, basta alterar o fromdomain e host na configuração do tronco sip.
Depois clique em Submit Changes confirme.

4. Criar Rotas de saída para a Portabilidade
4.1. Clique em “PBX” (1), “Outbound Routes” (2) e em seguida “Add_Route” (3).
4.2 Na Página de edição da rota, coloque:
Route Name: portabilidade :: nome dado à rota da portabilidade
Dial Patterns that Will use this Route :: configuração dos dígitos recebidos para efetuar a consulta.
Para adicionar mais campos clique em + addMore Dial Pattern Filders
Ex: de Configuração do Dial Pattern da rota portabilidade.
081 + prefix XXXXXXXX + callerId
081 + prefix XXXXXXXXX + callerId
0 + prefix XXXXXXXXXX + callerId
0 + prefix XXXXXXXXXXX + callerId

obs: a configuração acima será de acordo com a rota de saída da central definida pelo usuário, essa rota foi criada apenas para teste de consulta. A quantidade de X referencia a quantidade de dígitos recebidos, observe se sua região já possui o nono digito. No campo “ Prepend” significa o números que serão adicionados antes da discagem, já o termo “prefix”, está relacionado ao campo que será removido antes da discagem. Como a telein envia o padrão de resposta correspondente a determinada operadora, o termo “prefix” será utilizado com o padrão de resposta para associar o padrão de resposta recebida para a rota correspondente, retirando o código de resposta.

Ex: Criarei uma rota simples para ligações locais incluindo o DDD local para celular sem o nono dígito e com o nono dígito para a operadora Tim, cujo o padrão de resposta detalhada da Telein é 553102. 081 + 553102 + XXXXXXXX
081 + 553102 + XXXXXXXXX

Sendo assim a minha rota irá tratar esse resposta mandando apenas o código DDD local + o número que foi discado. Para a configuração do SIP Redirect é muito importante enviar o “0” + DDD (ex:081), pois o “0” servirá como separador da chave SIP Redirect no cabeçalho de resposta que a telein irá receber do cliente numa requisição entregando a resposta sem erro para o cliente.


Ex

Telein recebe essa informação do cliente
28092011 081996038204@sip2.telein.com.br:5060 SIP/2.0,br>
Telein entrega a resposta da operadora do número requisitado
55310281996038204
Exemplo de criação da rota portabilidade:
] obs: Após qualquer modificação deve ser aplicado as alterações realizadas.

5. Criar ramal para teste
Na aba “PBX” clique em “Extensions” e em “ add Extensions

Preencha as informações básicas para criar o ramal: User Extension :: numero do ramal;
Display Name :: nome do responsável (opcional);
Secret :: senha do ramal tem que conter no mínimo 6 caracteres com duas letras e dois números;
Em seguida clique em Submit, e aplique as alterações.
Passo 1

Passo 2

Passo 3

Testando a Consulta
Se o procedimento foi concluído com sucesso você terá resposta na CLI do Elastix conforme imagem abaixo:

Onde a linha que contem a resposta 553102 + DDD + número consultado, será o retorno que a operação foi executada com sucesso, ficando apenas para o mantenedor da central tratar essa resposta para que seja enviada para o tronco da operadora correta, que nesse exemplo trata-se de um número da operadora Tim.

Tutorial SIP com Elastix


A Telein disponibiliza o tutorial que orienta como realizar integração SIP usando Asterisk com TRIXBOX.
Caso encontre alguma dificuldade em realizar as configurações mande email com seu login de acesso para suporte@telein.com.br, e descreva qual sua dificuldade. Teremos prazer em atendê-lo.
Baixe e veja como é fácil utilizar!

Tutorial SIP com Tribox (.PDF)